AyurVida uma forma de viver em harmonia com a Diabetes

A primeira vez que trabalhei de forma personalizada e consciente com alguém que tinha diabetes foi em 2004. Era uma criança, quem me procurou o seu Pai.

O que para muitos colegas parecia um confronto, para mim foi uma lufada de esperança e alegria, alguém a questionar o meu conhecimento sobre esta condição metabólica e habilitação/ competência para trabalhar com esta condição numa criança em estado de desenvolvimento. Cada palavra que o Pai dizia, cada pergunta, cada afirmação me despertava uma vontade maior de trabalhar com esta criança, não só pela responsabilidade do trabalho, que de facto me apaixona e me faz sentido trabalhar, mas pela forma comum de ver a condição. Não se tratava de uma doença, mas de uma condição, e a convicção do Pai era semelhante à minha “aprender como aquele corpo funcionava em esforço e ensinar a criança as bases para que, quando houvesse maturidade, ele mesmo trabalhar de forma consciente esta condição”.

Esta criança está agora no 3o ano de Medicina. É um aluno brilhante, um desportista incrível e uma pessoa admirável. Porquê? Porque desde pequeno Reconheceu a Vida tal como ela é e optou por vivê-la no seu máximo potencial, não limitado por uma condição que não condiciona apenas traz consciência.

Ayurveda e a responsabilidade pessoal

Como já foi abordado no mês anterior, para o Ayurveda a Vida é uma responsabilidade pessoal, e a função do terapeuta é mais de Professor do Paciente, ensinando a viver a Vida de forma harmoniosa e responsável do que apresentar soluções para os problemas que os próprios comportamentos e desresponsabilização pessoal pela saúde trazem.

Não é preciso bater no fundo para resgatar rotinas, alimentação e contacto com a natureza (exercício e espiritualidade). Mas se isso tiver de acontecer que seja através de uma doença metabólica que podemos controlar como é o caso da diabetes.

Apesar da medicina moderna continuar a estudar a diabetes e a desenvolver protocolos sofísticadíssimos de controlo, ela é referida nos textos clássicos do Ayurveda (datados de 1550 a.C) e, pasme-se, a abordagem continua até hoje a ser eficaz. Como é isto possível? Respondo com a transcrição de parte do artigo de Outubro: “Ayurveda é conhecer a Vida e a forma como ela se manifesta em meu redor e em cada uma das minhas células”.

AYURVEDA e a Diabetes

O Ayurveda define cada pessoa como uma combinação única dos Panchamahabhutas (“pancha” traduzido por cinco, “maha” traduzido por grande, “brutas” traduzido por elementos ou estados da matéria). Estes cinco estados da matéria (Akash – espaço, Vayu – ar, Agni – fogo, Jala – água, Prithvi – terra) relacionam-se entre si e por afinidade agrupam-se dando origem ao conceito de Doshas (abordaremos isso noutro artigo). Os três Doshas são Vata, Pitta e Kapha. Cada Dosha tende para desequilíbrios específicos sobre os elementos que o constituem gerando problemas de saúde se não forem harmonizados. Diabetes é apenas uma das formas do desequilíbrio severo do Dosha Kapha. No entanto, ser uma pessoa com predomínio Kapha não significa diabetes. O desequilíbrio só acontece quando esse dosha não está na sua expressão positiva o que associado um Agni fraco e/ou irregular pode de facto gerar problemas metabólicos.

No Ayurveda os diabetes são descritos como Madumeha, que significa literalmente “urina doce” devido ao aumento do nível de açúcar no sangue, que também causa excesso de açúcar na urina, ou Ojomeha, com referência à perda de Ojas pela urina (Ojas é a própria essência da vida, que quando perdida, conduz à perda de todas as funções corporais).

Textos ayurveda sobre o tratamento para diabetes também descrevem ‘Dhatupaka Janya Vikruti’ – traduzido como “este é o efeito nocivo que altos níveis de açúcar têm em outros tecidos corporais”. Os textos também descrevem uma tendência de herdar a doença ou desenvolve-la “sem razão aparente” desde muito cedo.

O Ayurveda classifica o diabetes em dois tipos: Dhatuksyaya e Avarana.

Dhatuksyaya é geralmente a causa do diabetes juvenil que ocorre quando os tecidos (dhatus) são afetados ou esgotados.

Avarana é causado quando os canais do corpo são bloqueados pelo Kapha Dosha agravado ou outros tecidos do corpo. Esta é a causa comum do diabetes com início na idade adulta.

Dentro do conceito de Avarana o diabetes tipo 2 é chamado de Apathyanimittaja, uma vez que é um desequilíbrio causado por Vata Dosha agravado que, por sua vez, produz um Kapha Dosha agravado. É agravado por um estilo de vida e hábitos sedentários ou questões pessoais altamente desestruturantes.

Para qualquer um dos tipos de diabetes, a questão fundamental é o controlo de qualidade do fogo digestivo – Agni. O Agni deve ser mantido forte para que a digestão seja ideal. Para isso, a maior e mais pesada refeição deve ser o almoço, realizado até ao meio-dia. Ao passo que pequeno-almoço e jantar devem ser ligeiros (ao contrário do paradigma ocidental do jantar ser semelhante ao almoço). Uma vez que o metabolismo e a digestão são lentos, os lanches estão contra indicados pois irão forçar ainda mais a digestão pelo que a sugestão é a ingestão de certas ervas e fórmulas ayurveda (que deverão ser prescritas por um terapeuta ayurveda qualificado após avaliação especifica de cada paciente) que auxiliam a digestão e aumentam o fogo digestivo.

Outra questão fundamental, para evitar o agravamento do Kapha Dosha – na sua qualidade frio, os alimentos devem ser comidos quentes e os alimentos frios devem ser evitados. Fora das refeições é importante adicionar calor ao corpo, o que pode ser feito tomando um gole de água morna ou quente ao longo do dia (a água armazenada em cobre é uma ajuda tradicional no tratamento do diabetes). Sobre os sabores predominantes que agravam o dosha Kapha, falamos de sabores doce, salgado e ácido dominantes.

Principais ingredientes para Diabetes

Alguns dos principais ingredientes usados na Ayurveda, para diabetes, são os seguintes:

  • AMLA
    Amla ou groselha indiana é conhecida por ser a erva Ayurveda mais potente e é rica em vitamina C e antioxidantes.
    É a fruta perfeita para tratar e manter o diabetes sob controle. Amla também tem crómio, que é um mineral que permite o metabolismo adequado dos açucares e uma boa resposta do corpo responda à insulina, o que mantém o açúcar no sangue sob controle. Outros minerais presentes nesta fruta maravilhosa são cálcio, fósforo e ferro; eles ajudam o corpo a absorver a insulina e regular os níveis de açúcar no sangue.
    Amla é bem conhecida como uma das três frutas que compõem Triphala.
  • TRIPHALA
    O Triphala é usado na Ayurveda para eliminar toxinas, nutrir os tecidos e estimular a microcirculação o que é ideal para construir Ojas e neutralizar a sua perda pela urina. Por ser rico em antioxidantes, ajuda a reduzir o stress oxidativo do organismo.
  • CANELA EM PÓ
    Outro ingrediente natural que se enquadra no medicamento ayurveda para o controle do diabetes é a canela por ajudar a diminuir a pressão arterial e também a combater o diabetes pois reduz picos acentuados de açúcar no sangue após as refeições e também aumenta a sensibilidade à insulina.

Mas o tratamento do diabetes segundo a Ayurveda vai além da medicação e da dieta alimentar. O stress é um grande fator no agravamento do diabetes e por isso há que assumir uma disciplina que, na impossibilidade de evitar o stress, ensine a gerenciá-lo adequadamente. O Yoga, a meditação, pranayama e yoga nidrá são ferramentas com grande eficácia se utilizadas de forma especifica para cada caso.

*As informações contidas neste texto não dispensam, antes pelo contrário obrigam, a uma consulta com um terapeuta Ayurveda. A auto prescrição em qualquer circunstância, mas principalmente numa condição metabólica, é altamente irresponsável.

E lembra-te que apesar de não existir uma cura padrão que erradique o diabetes pela raiz, um estilo de vida ayurveda reduz o efeito que o diabetes tem no corpo e permite resgatar a responsabilidade pela vida.

Sabe mais sobre o curso de Dinacharya e Ayurkitchen através do 915448303 ou do site www.bmqbylaralima.com.

Lara Lima

Terapeuta de Medicina Ayurveda, Coimbra

www.bmqbylaralima.com
https://laralima.as.me/

 

Fotos de Pixabay

Enviar uma resposta

O seu email não será publicado.